top of page
law books,computer and scales of justice on desk in lawyer office and city view
logotransp

Dia da Independência Americana - um evento humano que mudou o mundo

Atualizado: 31 de jan. de 2023


Todo quarto de julho, os Estados Unidos da América comemoram seu aniversário como nação. Temos piqueniques, desfiles e fogos de artifício para relembrar esse dia tão especial. Mas, por ser tão antigo (245 anos), o significado do evento precisa ser esclarecido.


A Declaração de Independência tornada pública em 4 de julho de 1776 deixou clara a justificativa para a causa da Independência da Coroa Britânica. Leia a transcrição da Declaração de Independência no link abaixo:


As palavras mais famosas e importantes do documento são profundas e significativas; elas definiram o curso para a Constituição dos EUA criada para o estabelecimento de um governo "do povo, pelo povo e para o povo".

"Consideramos essas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens são criados iguais, que são dotados por seu Criador com certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a Vida, a Liberdade e a busca da Felicidade."

A primeira dessas verdades: Todos os homens são criados iguais. Em 1776, essa verdade significava que o fazendeiro da Virgínia, o advogado da Filadélfia e o cozinheiro de taverna de Boston foram criados iguais ao Rei George na Grã-Bretanha. Isso foi apenas o começo, mas lançou as bases para direitos iguais para todos, com a abolição da escravatura e o direito de voto para as mulheres.

A segunda dessas verdades é que os direitos de todos os homens são concedidos por seu Criador. Não importa onde você nasceu ou que idioma você fala; você tem direitos lhe dados por Deus. A Constituição dos EUA foi escrita de forma a limitar o governo a fim de preservar esses direitos.

A terceira verdade expressa aqui é que entre esses (direitos) estão a Vida, a Liberdade e a busca da Felicidade. A Declaração de Direitos são as dez primeiras emendas à Constituição dos Estados Unidos, escritas para codificar na lei os direitos de todos os homens que nunca podem ser limitados por um tirano.

Ao declarar a independência da Grã-Bretanha com base na liberdade e justiça para todos, os Estados Unidos da América deram o exemplo para o mundo; muitas outras nações declararam mais tarde sua independência de outras nações, por causa da liberdade. As palavras do patriota americano Patrick Henry: "Dê-me liberdade ou dê-me a morte!" foram repetidas em todo o mundo em outras línguas. Por exemplo, Dom Pedro I do Brasil gritou "Independência ou Morte" ao declarar a independência do Brasil em relação a Portugal.

Não se pode e não deve comemorar este Dia da Independência sem reconhecê-lo como o dia em que os patriotas tomaram uma posição heroica para retomar nossos direitos concedidos por Deus ao rei da Inglaterra. A liberdade de que desfrutamos tem um preço para os patriotas que lutaram para fazer desta nação "a terra dos livres e o lar dos bravos".


Feliz Dia da Independência Americana!


Tradução: Sonia Cunha-Goldner


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page